Dedetização Barata

Dedetização Barata

Dedetização Barata Porto Alegre

Construsul Dedetizadora Porto Alegre – Empresa de Dedetização Barata Porto Alegre, Serviço de Dedetização Barata Porto Alegre. 

Whatsapp: 99802-4242 – Email: construsulportoalegre@hotmail.com



Dedetização de Barata Porto Alegre

Dedetização Barata Porto Alegre

Saiba Mais:


A Construsul Dedetizadora Porto Alegre possui soluções bastante eficientes para dedetização de baratas em Porto Alegre. A empresa é especializada em dedetização e controle de pragas urbanas em diversos ambientes e com a dedetização de baratas não poderia ser diferente.

As baratas alimentam-se preferencialmente de cereais, frutas, alimentos doces e carne e ainda, em menor frequência, de queijos, cerveja e até mesmo de couro e papéis em geral. Mas não se preocupe na execução da dedetização de baratas vamos dar orientações para prevenir a proliferação desta praga.

Elas aparecem em qualquer local, de buracos e frestas a até mesmo no interior de aparelhos eletrônicos, onde podem causar diversos estragos, nesse caso a dedetização de baratas é feita com gel para não danificar o interior dos eletrônicos. Nós da Construsul Dedetizadora Porto Alegre oferecemos serviços personalizados para atender de forma bastante satisfatória os clientes que solicitam a dedetização barata Porto Alegre.

Utilizamos produtos e equipamentos de última geração nos processos de dedetização de baratas.


Mecanismos de Controle de Barata Porto Alegre

Dedetização Barata Porto Alegre

O mecanismo de controle básico de baratas consiste na manutenção higiênica do ambiente, pois, é o acúmulo de resíduos alimentares que determina o aparecimento do inseto. Além da higienização freqüente, aconselha-se também a vedação de frestas e outros ambientes favoráveis ao estabelecimento desses animais.

Nas infestações o manejo integrado é o mecanismo de controle mais indicado. Além de economicamente mais viável, já que requer menor investimento com inseticidas, ele reduz também a concentração de resíduos químicos no ambiente.

O manejo integrado consiste no emprego concomitante de pesticidas, geralmente organofosforados, e produtos biológicos. Esses inseticidas devem ser usados cuidadosamente para evitar a contaminação do meio ambiente, principalmente da água.

Sendo assim, aconselha-se:

• Iscas, pó seco e inseticidas microencapsulados podem ser aplicados em locais fechados;

• Inseticidas de pulverização líquida devem ser administrados em áreas que sofrem limpezas úmidas;

• Substâncias residuais devem ser aplicadas apenas em áreas não irrigadas, pois assim os produtos permanecem por
mais tempo no local e não precisam de reaplicações freqüentes.

Dedetização Barata Porto Alegre. No controle biológico o mais comum é empregar inimigos naturais, como aranhas, escorpiões, ácaros, besouros, sapos e rãs, pequenos répteis, aves e pequenos roedores. Esses animais alimentam-se das baratas adultas ou de suas ninfas, porém para o ambiente doméstico criar esses animais é inviável. Atualmente, o fungo Beauveria brongniartii é alvo de intensos estudos, uma vez que pode ser um método viável e eficaz no controle biológico das baratas.


Perguntas e Respostas sobre as Barata Porto Alegre

Dedetização Barata Porto Alegre

Quais os tipos de barata que encontramos no lar?

As espécies que freqüentemente encontramos dentro das residências são a Periplaneta americana (ou barata americana, de esgoto, cascuda ou voadora), a Blattella germanica (ou barata alemã, francesinha ou baratinha da cozinha), a Blatta orientalis (ou barata oriental) e a Periplaneta autralasiae (barata australiana).

É verdade que se virarmos uma barata de cabeça para baixo ela morre?

Não. Às vezes pode fingir-se de morta para fugir de seus predadores ou caçadores.

Porque quando a barata morre ela está virada de cabeça para baixo?

As aberturas dos órgãos respiratórios da barata se encontram na parte ventral do abdômen. Ela vira-se de barriga para cima na tentativa de respirar melhor e se recuperar da ação do veneno.

Uma dedetização feita por empresas especializadas é melhor do que o uso de produtos encontrados em mercados?

Caso a presença de baratas seja apenas ocasional, os produtos vendidos em mercados ou varejos apresentam bom resultados. No entanto, em caso de infestações maciças, é recomendada a atuação de uma empresa especializada, a qual poderá realizar um controle integrado de insetos conhecidos como “pragas urbanas”, tomando medidas mais adequadas à gravidade da situação.

As baratas criam resistência com o uso de inseticidas?

As baratas não criam resistência aos inseticidas, mas o uso destes pode ajudar a selecionar entre populações mais e menos sensíveis a estes produtos. As espécies sobreviventes darão origem a linhagens mais resistentes, condição determinada por características genéticas.

As baratas podem transmitir ou causar doenças ao homem ou aos animais domésticos?

Sim, por freqüentarem locais sujos ou que contenham dejetos, elas podem carregar, sobre o seu corpo diversos agentes nocivos tanto para o homem quanto para outros animais, tais como bactérias, vírus ou parasitas. Além disso, as baratas podem ainda causar reações alérgicas em algumas pessoas.

Existe outro meio de matar baratas sem o uso de inseticidas?

Elas podem ser mortas com o uso de armadilhas de diversos tipos. Um exemplo é por uso de iscas com gel que contém uma substância atrativa e outra tóxica. Ao serem ingeridas pela barata provocam a sua morte.

Quais os cuidados que devemos ter para não sermos surpreendidos por uma infestação de barata?

A melhor maneira de evitar infestações é manter limpos, tanto por dentro como por fora, os domicílios ou estabelecimentos comerciais, evitar deixar restos de alimento a mostra e não acumular lixo. Ambientes quentes, úmidos, escuros, sem ventilação e com muitas frestas podem servir como esconderijo ideal para estes insetos.

As baratas preferem que temperatura?

A maioria das espécies vivem bem sob temperaturas em torno de 30ºC, exceto Blatta orientalis, que são encontradas em locais onde a temperatura ambiente não ultrapasse os 25ºC. A Periplaneta americana é a mais resistente ao calor, sobrevivendo por certo tempo em locais que ultrapassem os 35ºC, tais como motores elétricos.

Além do lixo, de que mais elas se alimentam?

A barata se alimenta de qualquer tipo de matéria orgânica, incluindo restos de comida, excretas, papéis e fungos.

A barata “mastiga”? Como é a sua digestão?

A barata não mastiga: ao encontrar um alimento secretam enzimas digestivas que dão início à “digestão” deste recurso alimentar. A “pasta” resultante é engolida e vai percorrer o seu trato digestório para que sejam aproveitados os nutrientes ali presentes.

De quanto em quanto tempo elas soltam fezes?

Expelem as fezes sempre que se alimentam ou logo após o término da refeição.

A barata também necessita de água?

Sim, assim como qualquer outro organismo vivo, sua sobrevivência é impossível sem a ingestão de água. No entanto, as espécies domésticas podem ser mais resistentes à escassez de água.

A barata é um perigo em hospitais?

Sim, a presença de baratas em hospitais é preocupante, devido a sua enorme capacidade de veicular agentes causadores de doenças.

Existe algum controle preventivo quanto às baratas?

O controle preventivo consiste em tornar o ambiente em que vivemos “desfavorável” à sua sobrevivência como evitar restos de quaisquer materiais, por exemplo, que lhes sirva de alimento, e manter o ambiente limpo e ventilado.

Quando as baratas surgiram no planeta Terra?

Os registros fósseis indicam que as baratas devam ter surgido no período Carbonífero, há 320 milhões de anos atrás.

Como as baratas domésticas se reproduzem?

A fêmea libera no ambiente os “feromônios” sexuais (moléculas que se traduzem em um “odor” que atraem os machos). O macho faz a corte e produz substâncias “afrodisíacas”. Desse modo, a fêmea é atraída e a cópula é iniciada pelo macho.

Por que as baratas se proliferam tão facilmente no ambiente doméstico?

Porque são rápidas, muito férteis e têm hábitos noturnos. Se não a vimos, ficam “livres” para encontrar alimento fácil e se proliferarem sem grandes obstáculos.